04 março 2006

Sacrifícios

Após um ano de governo, o primeiro ministro diz que o mais difícil está por fazer, e que vai pedir mais sacrifícios aos Portugueses. Contudo, tem boas expectativas para o futuro, segundo ele. Parece-me já ter ouvido esta conversa ao Durão Barroso e à Manuela Ferreira Leite. Antes que Santana Lopes o dissesse, Sampaio tapou-lhe a boca. Aposto que nos dez anos que se seguem, a conversa será a mesma. O que pode acontecer, é que já não haja Portugueses na terra para ouvir, após tantos sacrifícios não é de estranhar que tenham todos ganho o Paraíso.

NDS.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial