04 março 2006

Parabéns a mim

Hoje faço anos. Mas a festa será dividida entre alegria e tristeza. A minha maior amiga, a minha mãe, está hospitalizada há quatro meses, a sofrer terrivelmente. E eu a quase dois mil Km de distancia, nesta de hora de sofrimento terrível para ela nem sequer lhe posso retribuir o carinho e reconforto que ela sempre me deu nas minhas horas mais infelizes. Assim, só lhe posso deixar uma mensagem : Neste momento, antes da chegada da família e amigos com quem vou festejar, quereria poder sofrer um pouco as tuas dores e angústias, partilhar contigo, como sempre partilhamos, lágrimas e sorrisos, tristezas e alegrias. Agora que chorei, penso que tu me perdoarás que mais logo me divirta um pouco enquanto sofres. A maior prenda, apesar de tudo, serás tu a dar-ma. Eu sei que lembrarás do meu aniversário, e que tu, também, vais chorar, lágrimas de tristeza e alegria. E bom saber que não estamos sozinhos no mundo.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial