21 setembro 2006

Cultura da cobardia

A nova legislação sobre o consumo de tabaco proíbe o consumo deste em todos os locais públicos, como acontece noutros países. Eu, fumador há trinta anos, concordo plenamente com a lei, embora me cause transtorno. Sei contudo que o tabaco não me faz bem nenhum, e cada cigarro que possa não fumar num local público é um bem para a minha saúde e para a dos outros. Mas em Portugal, não se consegue tomar uma decisão e aplicá-la. O ministro faz aprovar uma lei, mas em nome de uma ‘adaptação cultural à medida’, permite um período de transição e adaptação cultural. Em Itália ou e Espanha, a medida entrou em vigor, ponto final. Mas nós, Portugueses, precisamos de um período de adaptação “cultural”; vamos poder continuar a fumar em locais públicos, embora a lei o proíba. Eu chamo a isto cultura da cobardia, a não ser que o ministro tenha interesses na Tabaqueira ou na Phillip Morris, nesse caso seria cultura do "cacau".

NDS

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial